Relacionamentos | Fundamento


Quando comecei a falar sobre relacionamentos no post anterior, frisei que somos hoje o resultado dos nossos relacionamentos. Deixei claro também que o relacionamento mais importante das nossas vidas é o com Deus e caminhando dentro dessa verdade, quero mostrar a você que toda forma de relacionamento humano, representa o nosso relacionamento com Deus.

Relacionamento como filhos

Quando somos filhos, somos cuidados por nossos pais, eles fazem aquilo que julgam ser o melhor para nós. Nesse relacionamento podemos ver o cuidado do Pai amoroso conosco e os mimos que Ele faz para nós como filhos.

Relacionamento como casal

No casamento o marido anseia pela esposa e a esposa pelo marido, assim o Senhor anseia por nós, por estar conosco e tendo um relacionamento tão intimo como o de um casal.

Relacionamento como pais

Quando pais, podemos experimentar a sensação que Deus tem quando um filho se machuca, quando um filho se perde ou até mesmo quando Ele tem que advertir e não o quer fazer, porque nos ama, mas faz pelo mesmo motivo.

solitude-com-deusPor indicação do professor Douglas Fernando (Escola Videira de Ministério SP), li hoje o livro Solitude com Deus do Pastor Wilson Oliveira. O livro é curto e trata de forma prática a questão do nosso relacionamento com Deus, pois infelizmente por mais que falemos que é algo muito importante, não temos demonstrado dessa forma, não colocamos como prioridade e muitos não compreendem ainda que Cristo é o alvo da vida cristã e não as bênçãos pedidas em nossas repetidas orações. Uma questão que também é levantada, é que uma das consequências da solitude com Deus é a consolidação da nossa identidade em Cristo e verdadeiramente o que temos visto entre o povo de Deus, são pessoas sem referencial e sem identidade que se deixam levar por toda e qualquer coisa, pois não estão com os olhos fixos no alvo, que é Cristo.

Muitos tem se preocupado em relacionar-se com alguém, encontrar a pessoa que passará o resto da vida ao lado, muitos são até “espirituais” buscando a pessoa que completará o ministério, mas a intenção do coração é sempre a mesma: substituir o relacionamento com Deus por qualquer outra pessoa ou coisa. O cultivo do relacionamento com Deus tem sido esquecido, quando deveria ser o primeiro e mais importante de todos os relacionamentos que temos.

Jesus reconhece que muitas coisas precisam se feitas, mas que jamais podemos perder de vista o que é importante. Sentar-se aos pés do Senhor é a única coisa verdadeiramente importante que alguém pode fazer. Aqui fica claro o que levaremos para a eternidade: nossa semelhança com Jesus Cristo. Somente o que aprendemos com Jesus seguirá conosco.

Página 17, Oliveira, Wilson de – Solitude com Deus (grifo nosso).

 

Diante desse trecho que lemos acima, quero que você pare agora e analise se o que você tem construído com o Senhor tem sido profundo de forma que você levará para a eternidade ou tem sido algo superficial, que qualquer outra coisa já chama mais a sua atenção e o tira do foco que é Cristo?!?!

Lembre-se: Todos os seus relacionamentos precisam apontar para Cristo, devem leva-lo a estar mais perto de Cristo e devem expressar Cristo. 😉

 

Com amor,

Leave a Reply

Your email address will not be published.